Como cuidar do peixe Betta

Ser capaz de cuidar de um peixe Betta significa saber o que os torna felizes e saudáveis. Isso também significa saber o que causa o estresse e as doenças, para que você possa evitá-las. No nosso abrangente guia de cuidados com peixes betta, você aprenderá tudo o que precisa saber para promover um habitat saudável. Isso inclui o tamanho do tanque recomendado, qualidade da água e manutenção, alimentação e muito mais!

Com os devidos cuidados, o seu peixe Betta pode viver até dez anos, apesar da sua vida média de 2-4 anos. Essa discrepância se deve em grande parte à desinformação em lojas de animais, na internet e de outros proprietários de betta. O peixe Betta é uma espécie bela e inteligente de peixe e merece o devido cuidado.

Cuidados com o peixe Betta

Cuidar do seu betta requer um pouco de educação e responsabilidade para crianças e adultos. O belo betta é bastante resiliente e barato de comprar e manter, e eles podem trazer anos de companheirismo e alegria.

Se você está lendo isso, é provável que você já tenha seu peixe betta em casa. Se não, tenha paciência para fazer pesquisas antes de comprar um. Saber como cuidar de um betta antes de comprar um tornará as coisas muito mais fáceis, especialmente ao comprar um tanque e outros acessórios pela primeira vez.

Comprando o primeiro Betta: Saudável vs Doente

Você deve ser capaz de identificar a diferença entre um betta saudável e um doente. Isso afeta o tipo de cuidado que você precisará fornecer ao longo do tempo. Mesmo quando compramos um peixe betta pela primeira vez, é importante escolher um que seja saudável. Cuidadores experientes, no entanto, podem comprar bettas doentes para ajudar a salvá-los da morte e da doença. Abaixo estão as características comuns de bettas saudáveis ​​e doentes.

Peixe Betta Saudável

  • Nadam para investigar quando você chega perto do habitat deles
  • São agressivos e podem inchar o corpo quando você meche com eles ou quando recebem outros estímulos
  • Possuem cores brilhantes, especialmente machos
  • Estão com fome e comem regularmente
  • Barbatanas sem danos

Peixe Betta Doente

  • Perda de apetite por longos períodos de tempo
  • Letárgico e freqüentemente escondido
  • Coloração sem brilho, especialmente nos machos
  • Barbatanas esfarrapadas com bordas pretas
  • Crescimentos de fungos ou tumores brancos no corpo ou boca
  • Nadando com dificuldade
  • Respiração ofegante
  • Barbatanas presas junto ao corpo
  • Inchado

Acha que seu peixe betta pode estar doente? Visite nossa seção de doenças e tratamentos!

Tamanho e ambientação do aquário para Betta

  • 20 litros é recomendado, 10 litros é o mínimo absoluto.
  • Tanques menores são mais trabalhosos, exigindo maior manutenção.
  • Sem tigelas, copos, garrafas, globos. Aqueles são para comer ou enfeitar a casa!
  • Peixe Betta são puladores, por segurança sempre use uma tampa no seu aquário.
  • Não restrinja o acesso à superfície da água ou encha o tanque até sua capacidade máxima.
  • O peixe Betta precisa de ciclos naturais de luz diurna e noturna.
  • Os companheiros de tanque são complicados, visite nosso guia para mais informações.
  • Nunca coloque 2 machos ou um macho e fêmea no mesmo tanque, a menos que esteja reproduzindo.
  • As fêmeas podem viver juntas em uma “fraternidade” de 5 ou mais.
  • Considere um divisor de tanques para abrigar dois bettas em um único tanque.

O tamanho mínimo absoluto do aquário para um betta saudável é de 10 litros com o tamanho recomendado sendo 20 litros ou mais. Tanques maiores são mais fáceis de manter, temperatura e criar o ciclo do nitrogênio e requerem limpezas menos freqüentes. Um dos maiores mitos sobre bettas é como eles podem viver muito bem dentro de uma pequena tigela ou vaso. Para colocar isso em perspectiva, você poderia sobreviver dentro de uma minúscula caixa de madeira também se tivesse comida e água, certo? Você não seria muito feliz ou saudável embora.

Na natureza, o betta splenden vive em riachos rasos com deficiência de oxigênio, arrozais e poças, mas muitas dessas áreas ainda são expansivas no volume de água. Seu betta precisa de espaço para nadar e lugares para se esconder. Além disso, você desfrutará dele muito mais se tiver bastante espaço para fazer um show.

Nunca encha seu tanque com o volume máximo. Peixe Betta precisa de acesso à superfície da água para engolir o ar usando seu único órgão de labirinto. O órgão do labirinto permite que eles extraiam oxigênio do ar e não apenas a água através de suas guelras. É por isso que as bettas não precisam de bombas de ar. Certifique-se também de ter uma tampa no seu tanque, porque os bettas são ótimos saltadores e podem saltar para fora do seu aquário. Isso acontece o tempo todo e é uma maneira muito triste de perder um betta.

Luz: Natural e Artificial

Os peixes betta precisam de luz natural ou artificial enquanto estão acordados durante o dia, e a escuridão da noite para que possam dormir. Isso estabelece um padrão regular de dia e noite, regulando seu relógio biológico interno. Plantas e outras decorações fornecem sombra, se quiserem sair da iluminação direta por um período de tempo.

Evite a entrada direta de luz do sol em seu tanque, pois ele pode elevar rapidamente a temperatura da água a níveis perigosos e inflamar o crescimento indesejado de algas. A iluminação artificial é recomendada, colocando o habitat do seu peixe betta longe das janelas. Desta forma, você controla a luz durante o dia e a noite com o simples toque de um botão.

Companheiros de Aquário

Alguns bettas são muito agressivos para conviver com outros habitantes, mas podem brincar bem com certos companheiros de aquário que não são agressivos e não possuem cores brilhantes ou nadadeiras longas. A razão pela qual o betta é conhecido como peixe-lutador siamês é por causa da agressividade aguda do macho. Isso foi intensificado pela criação seletiva em 1800 e ainda faz parte de sua composição genética.

O sucesso aumenta adicionando peixes comunitários com bettas em tanques maiores que têm muitos espaços para se esconder. Use um aquário de 30 a 40 litros ou maior para fornecer espaço suficiente para um habitat comunitário adequado.

O aumento do espaço em tanques maiores diminuirá os instintos territoriais do betta e poderá diminuir a agressão contra certos tipos de peixes. Em caso de dúvida, pergunte sempre a um funcionário da loja de animais de estimação local antes de comprar um peixe comunitário em potencial ou pesquise na internet!

NÃO coloque dois machos no mesmo tanque porque eles lutarão e morderão um ao outro, provavelmente até que um deles esteja morto ou estressado. Isso é cruel e nunca deveria ser feito! Os machos nunca devem ser alojados com uma fêmea, a menos que estejam se reproduzindo por curtos períodos de tempo e depois separados.

Os machos também exibem comportamento agressivo contra as fêmeas. As fêmeas, no entanto, podem viver juntas em grupos de cinco ou mais, mas o tamanho do tanque deve dobrar para 40 litros ou mais. Uma boa regra é 4 litros por 2,5 cm de cada peixe. Se você tem 5 fêmeas, cada uma com 5 cm, isso traduziria para um tanque de 40 litros.

Plantas, esconderijos e decorações

  • O peixe Betta precisa de plantas e esconderijos para se sentir seguro.
  • Imitar o habitat natural de um peixe betta para reduzir o estresse.
  • As plantas vivas são ideais para os benefícios adicionais de limpeza.
  • Plantas falsas e folhas devem ser de seda e não de plástico afiado.
  • Tenha cuidado com bordas afiadas em esconderijos e decorações.

Uma parte importante de cuidar de um peixe betta envolve certificar-se de que eles estão contentes e não estressados. Imitar seu habitat natural é a melhor maneira de conseguir isso. Bettas amam lugares para se esconder para que eles possam se sentir seguros, especialmente quando estão dormindo. Pense em esconderijos como suas casas.

Seu habitat natural tem muitos lugares para se esconder, incluindo substrato, rochas, plantas e gravetos. As plantas vivas são as melhores para os aquários porque podem ajudar a remover a amônia da água (por exemplo, Amazonense) e outras de folhas moles.

Não se preocupe, plantas artificiais também servem também, e elas são baratas e resistentes. Sua qualidade realmente melhorou nos últimos anos e parece quase idêntica ao negócio real. Tenha cuidado com plantas artificiais e decorações porque elas podem danificar as barbatanas do seu betta.

Todas as plantas e folhas artificiais devem ser de seda, se possível. Toras e outros esconderijos também devem ser inspecionados para bordas afiadas e lixadas, se necessário. Os donos de Betta gostam de usar o que é chamado de “teste de meia-calça”, aplicando-a na planta ou decoração para ver se agarra na entrada/saida ou se a meia-calça é riscada ou rasgada. Em caso afirmativo, a planta ou o esconderijo provavelmente prenderão as delicadas barbatanas do betta também.

Temperatura e Qualidade da Água

  • Manter um habitat tropical em 24-27 graus Celsius.
  • Os peixes betta preferem a água na faixa de pH de 6,5 a 7,5.
  • A amônia deve idealmente ser zero partes por milhão (ppm).
  • Nitrato deve ser inferior a 40 partes por milhão (ppm).
  • O nitrito deve idealmente ser zero partes por milhão (ppm).
  • Use condicionador / declorador de água para tornar a água da torneira segura para os bettas.
  • Use um termômetro de aquário para monitorar a temperatura do seu aquário.
  • Os filtros reduzem os níveis de amônia, nitrato e nitrito e preservam as bactérias saudáveis.
  • Evite mudanças drásticas na temperatura da água e na qualidade da água.
  • Use testes comercializados em lojas de aquarismo para monitorar os parâmetros da água.

O peixe Betta vem de um clima tropical na Tailândia, então eles precisam de água morna em seus tanques. Nunca deixe a água em seu tanque cair abaixo de 18 graus ou vá acima de 30 graus, e tente mantê-lo na faixa de 24 a 27 graus Celcius. Esta é a temperatura bettas são mais felizes e ativos em.

A temperatura ambiente em uma casa varia muito durante o dia, podendo estar muito quente durante o dia e muito frio durante a madrugada, o que causa choques térmicos constantes ao animal. O seu betta sentira essa variação e, eventualmente, ficará doente. Esta é a maneira mais rápida de reduzir seu tempo de vida potencial. Assim sendo o aquecedor é essencial, mesmo em cidades quentes, para poder manter estável 24 horas por dia.

Termômetro e aquecedor

Compre um termômetro seguro para aquário para registrar a temperatura da água. Se a temperatura estiver muito baixa, compre um pequeno aquecedor de aquário (por exemplo, 20 watts). Aquecedores que são ajustáveis ​​e contêm um termostato embutido são as melhores soluções.

Os peixes betta são muito sensíveis a mudanças nos parâmetros de temperatura e água do seu habitat. Ao alterar as condições de temperatura e água, faça-o lenta e metodicamente. Mudanças abruptas podem estressar seus peixes e até causar consequências adversas à saúde.

Filtro

Embora exista o mito que os filtros não sejam obrigatórios, eles são altamente recomendados para aquários de qualquer tamanho. Os filtros reduzem as bactérias prejudiciais, apoiando as bactérias saudáveis. Eles são seus ajudantes quando se trata de manutenção de tanque e cuidar de seu peixe betta. Um filtro é relativamente barato e é melhor quando incluído em uma configuração inteira.

Peixes Betta não são nadadores muito fortes e um filtro pode estressá-los se a corrente for muito forte. A agitação prolongada pode levar a barbatanas rasgadas, estresse agudo e até a morte. Escolha um filtro que seja ajustável ou recomendado para um peixe betta. Tubos de proteção com pré-filtros na entrada e saídas , se necessário, para reduzir correntes fortes. Veja o nosso guia de filtros para peixe Betta.

Água

A água adicionada ao tanque deve estar livre de cloro e outros contaminantes. Se você usar água da torneira, certifique-se de usar um condicionador de água para remover cloro, cloramina, amônia e outros metais pesados. Isso evita qualquer dano ou morte em potencial. Nunca use água destilada, porque foi despojado de todos os minerais essenciais que bettas precisam para prosperar.

Os peixes betta preferem que o pH da água seja ligeiramente ácido. Eles se saem melhor na faixa de pH de 6,5 a 7,5 (7 é neutro). Alguma água da torneira e da nascente pode ser significativamente maior que 7,5, o que significa que você deve sempre testar sua água antes de adicioná-la ao tanque do seu betta. Considere comprar um kit de pH para mantê-lo em uma faixa saudável, se necessário.

Também considere a adição de sal de aquário à água do seu aquário para reduzir o estresse e o inchaço, e para promover barbatanas saudáveis.

Para mais informações sobre os tipos e parâmetros de água recomendados, visite esta página.

Christina Xu on Flickr

Cuidados com Habitat, Limpeza e Manutenção

  • Um habitat limpo promove um peixe betta saudável e feliz.
  • Os cuidados adequados com o betta incluem um cronograma de manutenção sistemático.
  • Tanques não filtrados e menores requerem manutenção mais freqüente.
  • Não limpe um aquário, substrato ou decoração com sabão.
  • O vinagre branco destilado e o alvejante regular podem ser usados ​​como agentes de limpeza.
  • Somente remova seu peixe betta durante uma troca de 100% de água, que deve ser algo raro de acontecer.
  • Monitore os parâmetros da água com kits de teste e tiras.

Manter limpo o aquário (ecossistema) de um betta é crucial para sua saúde e felicidade. Quando o seu betta consome comida, digere e eventualmente se livra dele (cocô!), Ele acaba na água do tanque. Quanto menor o tanque, mais rápido ele fica poluído.

Um dos problemas mais comuns ligados à má saúde betta é a exposição sustentada ao aumento dos níveis de amônia e nitritos. A qualidade da água diminui à medida que a amônia se acumula a partir de resíduos e alimentos não consumidos. Isso força o nível de pH da água a sair de uma faixa saudável.

Seu peixe estará nadando em seu próprio lixo e com o tempo pode levar a doenças ou até a morte. Um bom filtro pode ajudar a reduzir esses níveis e estabelecer bactérias saudáveis ​​em aquários!

Quantas vezes você deve limpar o aquário de um peixe Betta?

Um cronograma de manutenção sistemática deve ser respeitado. Aquários com menos de 15 litros precisarão de mudanças de água mais freqüentes e completas para evitar níveis perigosos de amônia. Isso pode ser feito, é apenas mais trabalho.

Os aquários não filtrados requerem 1-2 trocas de água em torno de 25% e 100% por semana semana (dependendo da qualidade da água). Um aquário filtrado de 20 litros necessitará apenas de 1 ciclos de água por semana a cerca de 25% do volume total! Muito menos trabalho!

Mantenha um kit de pH em seus suprimentos para testar a água do seu aquário. Aquários menores e aqueles que não são filtrados são mais trabalhos a longo prazo devido à rapidez com que a qualidade da água pode diminuir. Lembre-se, adicionando plantas vivas também pode ajudar a reduzir os níveis de amônia na água naturalmente.

As trocas parciais de água são necessárias também para os aquários filtrados, mas são mais frequentes e importantes em habitats não filtrados. Se você está apenas fazendo uma troca de água, não remova o seu betta. A remoção desnecessária pode levar ao estresse e lesões potenciais. Somente remova seu betta somente em casos em que for necessário fazer 100% de troca de água.

Os peixes betta se acostumam com seu ecossistema e não gostam de mudanças abruptas no ecossistema. Por causa disso, você deve tomar mais cuidado ainda quando você faz uma mudança completa da água. Removendo muito da água existente no aquário e, em seguida, adicionando novamente o Betta, pode causar choque de temperatura, pH e outros problemas. Isto pode ser devido a mudanças nos parâmetros da água ou temperatura. Sempre aclimate seu peixe betta ao reintroduzi-lo no aquário após uma troca completa de água.

Remoção de 25 a 50% da água dos tanques e reabastecimento com temperatura similar e pH com água desclorada é o caminho mais seguro. Sempre que adicionar nova água da torneira, certifique-se de usar gotas de decloração ou condicionadores de água.

Como limpar seu tanque e decorações

Limpar seu tanque e suas decorações é muito importante para a saúde do seu peixe betta. Utilize apenas decorações e materiais de aquário aprovados que sejam seguros para os peixes. Use uma varinha de limpeza ou limpadores magnéticos para remoção regular de algas enquanto o tanque estiver cheio.

Os filtros e suas mídias devem ser limpos enxaguando-os na água do tanque existente para preservar as bactérias saudáveis. Outros componentes devem ser limpos e desinfetados. Nunca limpe um aquário ou seus componentes com sabão! É muito difícil remover todo o sabão e vai envenenar o betta assim que você recolar as decorações no aquário.

Todas as decorações existentes e novas (incluindo pedras) devem ser lavadas cuidadosamente com água quente e cloro para remover poeira e outros contaminantes. Se você quiser aumentar o poder de limpeza, você pode usar vinagre branco destilado para remover manchas e cheiros difíceis. Caso utilize cloro, deixe de molho em um balde com condicionador ou remover de cloro de marca confiável.

Aguá sanitária que é livre de detergentes e perfumes é outra excelente e poderosa opção de limpeza; especialmente após a doença. Use uma mistura de 10%: 9 xícaras de água para 1 xícara de água sanitária. Não deixe a mistura ficar em qualquer aquário ou superfície de decoração por mais de 10 minutos. Sempre enxaguar, enxaguar, enxaguar todas as superfícies com água limpa para remover qualquer vestígio de água sanitária antes de encher novamente e utilize um bom condicionador de água.

Amanda Moore on Flickr

Comida e Alimentação

  • Peixes Betta são carnívoros – eles precisam de alimentos ricos em proteína.
  • Mantenha a superfície da água desobstruída, seus instintos são de se alimentar na superfície.
  • Os Betta tendem a ser comedores exigentes e podem preferir uma marca ou mistura diferente de rações.
  • A superalimentação causa muitos problemas de saúde adversos.
  • Alimentar 2-4 grãos, 1 a 2 vezes ao dia.
  • Uma dieta variada é a melhor dieta.

Parte do cuidado dos peixes betta significa alimentação regular! Os peixes Betta precisam de comida específica porque são carnívoros e gostam de carne. Na natureza, os bettas se alimentam de insetos e suas larvas na superfície da água. Replicar seu ambiente de alimentação e alimento irá mantê-los felizes e saudáveis.

Comida Betta vem em diferentes variedades, incluindo pellets, flocos, vivos e opções liofilizadas. Os ingredientes mais comuns são carne, peixe e camarão. Não alimente o seu peixe com outros alimentos tropicais porque eles precisam de uma dieta rica em proteína específica.

Peixe Betta pode ser comedores muito exigentes também. Recusa persistente pode significar tentar uma marca diferente ou mistura até encontrar o caminho certo. O Betta ama ser tratado com alimento vivo de vez em quando, mas eles podem começar a preferi-los e parar de comer ração se você exagerar na frequência.

Bloodworms liofilizados e camarão de salmoura são favoritos do betta. Alguns proprietários preferem usar minhoca ou camarão liofilizado como fonte exclusiva de alimento. Criadores também podem ficar longe de pellets e flocos fabricados, optando por alimentos vivos para se preparar para eventos de exposição e reprodução. A parte mais importante, no entanto, é garantir uma dieta rica e variada.

Superalimentação

É difícil avaliar quanto você deve estar alimentando um betta. Os rótulos dos alimentos geralmente não são claros e inconsistentes. O estômago deles é aproximadamente do tamanho de seus olhos e os pellets podem se expandir depois de ingeridos. A superalimentação leva ao inchaço, constipação, problemas de bexiga natatória e a acumulação de restos de comida no aquário.

Faça um cronograma regular de alimentação e siga estas diretrizes se ainda não tiver certeza. Se decidir alimentar o seu betta duas vezes por dia, certifique-se de que alimenta cerca de 2-3 pellets no máximo durante cada refeição. A alimentação uma vez por dia deve ser de 3-4 grãos.

Muitos donos de bettas ficam estressados ​​imaginando por que seus peixes não comem, mas na realidade é geralmente por ter exagerador na alimentação anterior. O peixe Betta também pode se recusar a comer durante o estresse, especialmente quando os leva para casa. O Betta pode passar 14 dias sem comida antes de morrer de fome, como um humano.

Se você está indo embora por 2-3 dias, nunca adicione comida extra para compensar. É melhor permitir que um betta fique sem comida do que jogar um monte lá dentro e pensar que eles vão comer. Eles não vão e só vai sujar o tanque. Se você estiver ausente por mais de dois a três dias, visite nosso guia de férias.

Como cuidar de diferentes peixes Betta

A diferença entre os cuidados com peixes betta femininos e os cuidados com peixes betta machos é mínima. Ambos exigem os mesmos parâmetros de água, comida, tamanho do aquário e decorações / plantas. Machos e fêmeas podem exigir diferentes tipos de cuidados antes, durante e depois da reprodução, mas isso é mais avançado do que os cuidados básicos. As fêmeas também podem coexistir em irmandades que levam a diferentes recomendações sobre cuidados também.

Os alevinos de peixe Betta (bebês) requerem cuidados especiais durante a criação. Alguns criadores começaram a vender filhotes de Betta, com cuidados inadequados, eles podem morrer prematuramente. Alevinos de betta exige cuidados especiais e dietas especiais para sobreviver, porque a maioria dos alimentos não cabem em suas bocas. A criação de alevinos deve ser reservada para cuidadores e criadores experientes.

Existem mais de 70 espécies diferentes de peixes betta, com o betta splenden sendo vendido em lojas de animais. Betta splendens vêm em muitas variações de cauda diferentes através da criação seletiva, no entanto, todos exigem o mesmo nível e tipos de cuidados. Estes incluem, mas não se limitam a, o crowntail, cauda de véu, cauda dupla, cauda delta, borboleta e halfmoon.

Dvortygirl on Flickr

Cronograma de manutenção para o cuidado adequado com Betta

Diariamente:

  • Assegure-se de que a temperatura da água esteja entre 24 e 27 graus Celsius.
  • Procure comportamentos estranhos e sinais de doença ou danos nas nadadeiras.
  • Verifique aquecedores, filtros e outros equipamentos.
  • Alimente seu peixe betta.

Semanal:

  • Ciclo 20%-40% da água a cada semana para tanques maiores.
  • Mude 100% da água para tanques menores (por exemplo, 10l).
  • Considere deixar de jejum seu betta um dia por semana para a saúde digestiva.
  • Sifone os restos de comida e fezes do fundo do aquário.
  • Verifique os níveis de pH e bactérias.

Por mês:

  • Verifique a funcionalidade dos filtros, substituindo a mídia conforme necessário.
  • Pode as plantas vivas, limpe plantas falsas, decorações e algas.
  • Realize trocas de água de acordo com o tamanho do tanque.
  • Aspire todo o lixo e restos de comida do cascalho.
  • Verifique a qualidade da água e os níveis de pH.

Cuidar de um peixe betta não é tão difícil assim que você estabelece uma rotina e separa os mitos dos fatos. Como dono de um betta, você deve sempre monitorar a saúde de seus peixes e ficar atento a quaisquer indicadores de preocupação. A maioria dos problemas pode ser rastreada até os maus cuidados nos padrões de alimentação, aclimatação e manutenção dos aquários.

Uma vez que você saiba como cuidar de um peixe betta, por favor espalhe esta informação para outros cuidadores. Com o tempo, podemos ajudar a reduzir a prevalência de desinformação por aí. O peixe Betta merece o direito de viver uma vida longa e saudável em cativeiro. Obrigado.

Fonte: https://bettafish.org/care/

Victor Santos

Founder em Aquarismo Brasil
Fascinado por pesca e aquários desde crianças, começou com um aquário de 72L de Guppys e hoje esta no 1260L com jumbos.

Últimos posts por Victor Santos (exibir todos)

Victor Santos

Fascinado por pesca e aquários desde crianças, começou com um aquário de 72L de Guppys e hoje esta no 1260L com jumbos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *