Meu primeiro aquário

O mundo da aquariofilia esta aberto a todos que desejam ter um pedacinho do fundo do rio ou do mar dentro de casa. Se você chegou aqui com esse desejo, saiba que tudo é muito mais simples do que parece, antigamente a falta de acesso a tecnologia e informação dificultava muito as coisas.

Mas hoje temos disponível diversas praticas e produtos que facilitam extremamente o seu inicio no aquarismo.

O que preciso para começar?

O primeiro passo é ter curiosidade para pesquisar sobre o tipo de aquário e peixes que você deseja. Você pode ter um aquário biótopo, plantado, jumbo, pet fish e etc. As necessidades para cada tipo de aquário são diferentes e pesquisar antes sobre esses requisitos vai te ajudar a não gastar dinheiro atoa e nem misturar peixes incompatíveis.

As necessidades para cada tipo de aquário são diferentes e pesquisar antes sobre esses requisitos vai te ajudar a não gastar dinheiro atoa e nem misturar peixes incompatíveis.

O mais básico é não misturar peixes de PH (parâmetro que define se a água é ácida, neutra ou alcalina) diferente, vá até a loja de aquários da sua cidade, anote o nome dos peixes que gostar e pesquise sobre eles na internet e veja qual o PH que eles vivem e que tipo de ambiente preferem e assim você descobre quais vão viver melhor juntos.

Mas o mais importante, não compre nenhum peixe, tenha paciência, apenas pesquise em um primeiro momento.

Comprando o primeiro aquário

Após decidir qual tipo de peixe e aquário você quer, você deve decidir o tamanho do aquário.

O senso comum leva as pessoas a acreditarem que um aquário pequeno é o melhor para iniciar nesse mundo, porém quando falamos de química e biologia, quanto maior o volume de água do aquário, mais simples se torna estabilizar o mesmo o que facilita a manutenção.

Então evite pegar um aquário muito pequeno, pois terá tantos problemas para estabilizar PH, Amônia e Nitrito que a dor de cabeça e perda e peixes podem te desanimar com o hobby.

Se você não puder comprar tudo de uma vez, compre os equipamentos primeiro e deixe tudo guardado e por ultimo compre o vidro para que não se sinta tentado a fazer alguma gambiarra e ter dor de cabeças desnecessárias.

Qual o básico para o aquário funcionar?

Você pode se perder vendo a quantidade gigantesca de acessórios para aquário que existem no mercado, mas vamos começar pelo minimo necessário para o bom funcionamento, obviamente você precisa de comprar ração, uma redinha para pegar os peixes, uma mangueira e um balde para limpar o aquário, mas aqui eu estou falando na montagem do aquário em si, se você obter os itens abaixo, de marcas boas e respeitando os limites mínimos e máximos de funcionamento.

Você não terá nenhuma dor de cabeça para ter um aquário funcionando sem nenhum problema em casa.

  • Filtro Biológico: Aquários de até 100L HangOn e Sump acima de 100L.
  • Mídias Biológicas: Cerâmicas como Siporax, Ista e etc, K1, Bioballs são muitas opções e é o coração do aquário.
  • Termostato: Muitos acham que pode ser dispensável, mas variações de temperatura constantes fazem muito mal a saúde dos peixes. Você pode ouvir alguém dizendo que não usa e os peixes dele estão bem, mas animais que vivem 10 ou 15 anos não passam de 3 a 5 anos no aquário alheio. O termostato é um item essencial, a menos que você vá criar peixes que são de água fria na natureza.
  • Condicionador de Água: Seachem Prime é o melhor que já usei, se no futuro eu testar outros e gostar eu adiciono aqui. Ele remove o cloro, cloramina, amônia, nitrito e metais pesados da água, que são elementos nocivos a saúde dos seus peixes e estão sempre presentes na água da torneira.

Comprei tudo direitinho, posso encher de água e colocar os peixes?

A resposta é NÃO! A natureza existe a milhares de anos e a vida surgiu aos poucos, dentro de um ecossistema que expandiu e estabilizou lentamente, até ter condições ideias para a vida. E no nosso aquário, nós temos que fazer exatamente a mesma coisa, criar um ecossistema equilibrado para os peixes viverem bem nele.

A natureza existe a milhares de anos e a vida surgiu aos poucos, dentro de um ecossistema que expandiu e estabilizou lentamente, até ter condições ideias para a vida. E no nosso aquário, nós temos que fazer exatamente a mesma coisa, criar um ecossistema equilibrado para os peixes viverem bem nele.

Então vamos falar sobre a ciclagem do aquário!

Para conhecer a fundo esse assunto, clique aqui e veja um artigo completo sobre assunto, nesse artigo para sermos objetivos vou falar de maneira bem resumida sobre esse processo.

Ciclagem

Quando enchemos o aquário de água, ela vem com vários elementos nocivos aos peixes e em teoria, devido ao cloro, sem nenhuma bactéria. Porém do mesmo jeito que em nosso estomago temos bactérias benéficas que nos ajudam na digestão dos alimentos, o aquário também precisa ter uma colonia de bactérias benéficas para digerir a amônia e o nitrato que são elementos nocivos para os peixes, e torna-lo um elemento menos nocivo (Nitrito), que retiramos da água nas nossas pequenas trocas parciais de água.

Para que essa colonia de bactérias se estabeleça em nossos aquários de forma natural, tendo mídias biológicas de boa qualidade para elas se instalarem, leva no mínimo de 30 a 40 dias. Em teoria esse tempo pode ser reduzido utilizado os famosos “aceleradores de biologia”, mas isso é tema para outra matéria e tem custos adicionais que nem sempre podem caber no nosso bolso.

A ciclagem básica consiste em jogar um pouco de ração ou file de peixe no aquário cheio, sem peixes, apenas água, filtro com as mídias funcionando. Medir os parâmetros com regularidade, sempre que a amônia chegar a zero, você coloca mais matéria orgânica para decompor na água e após 30 dias, começa a fazer medições diárias até estar com o PH zerado e ter certeza que amônia e nitrito estão zerados.

Pronto, meu aquário esta “ciclado”!

Agora você pode começar a colocar peixes, mas não coloque todos de uma vez, seu filtro ainda não esta “maduro”, ele esta acostumado a receber apenas aquele pouquinho de matéria orgânica que vinha da ração e file de peixe.

Se você aumentar drasticamente a carga orgânica do aquário colocando muitos peixes de uma vez, seu filtro não vai conseguir tirar aquela amônia rápido o suficiente e quanto mais tempo esses resíduos orgânicos ficarem na água sem serem consumidos, mais ela ira acidificar, criando um péssimo ambiente para os peixes e bactérias, que podem morrer ou demorar mais ainda para se desenvolver.

Como colo os peixes no aquário então?

Você precisa dar tempo para que a colonia de bactérias do seu filtro, se reproduza e desenvolva, trabalhando com uma taxa de erro pequena, para não prejudicar o sistema, assim sendo você não deve aumentar muito a carga orgânica de uma vez, para aquários grandes, coloque de 2 a 3 peixes por semana e apenas um por semana em aquários pequenos, assim seu filtro poderá amadurecer gradativamente, sem grandes impactos negativos no aquário!

Agora como vou limpar o aquário?

A manutenção de um aquário é extramente simples, as pessoas acham que tem que tirar toda a água e decoração e lavar o aquário, isso não existe!

Uma vez por semana, você vai desligar os equipamentos e tirar cerca de 20% da água do aquário, utilizando uma mangueira e um balde (se as mídias do filtro estiverem muito suja você pode enxaguar elas nessa água que você tirou do aquário), então jogue a água fora, reponha com água limpa da torneira, previamente tratada com o condicionador de água, passe uma bucha de cozinha nova (compra exclusivamente para limpar o aquário) nos vidros e ligue tudo novamente na tomada.

Tendo um sistema de filtragem bem dimensionado você pode prolongar um pouco o intervalo de manutenção!

Viu como é simples ter um aquário?

Não ter pressa e fazer as coisas com calma são as chaves para um aquário bem sucedido, as manutenções são muito simples quando bem montado, então não tenha medo de entrar para o hobby!

Encaminhem suas duvidas nos comentários ou nas nossas redes sociais que trabalharemos para melhorar nosso conteúdo de acordo com o retorno da comunidade!

Um grande abraço a todos!

Victor Santos

Founder em Aquarismo Brasil
Fascinado por pesca e aquários desde crianças, começou com um aquário de 72L de Guppys e hoje esta no 1260L com jumbos.

Últimos posts por Victor Santos (exibir todos)

Victor Santos

Fascinado por pesca e aquários desde crianças, começou com um aquário de 72L de Guppys e hoje esta no 1260L com jumbos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *